Bibliografias e apoio especializado

002 p

O comentário deste trabalho está incluído no anterior, com uma pequena nota que não deixo de mencionar para os interessados mais activos, e que tem a ver com o utensílio utilizado: em vez de um pincel redondo, um pincel maior e espalmado. È interessante variar os meios de execução, de registo e de suporte, porque a gestos semelhantes correspondem resultados diferentes, e isso também produz efeito na ideia que o artista tem das suas capacidades de intervenção e dos resultados que pode obter.

Devo neste ponto do discurso referir que não é esta a primeira experiência nesta área de interesses. Tive dois filhos de idades suficientemente diferenciadas para darem à tarefa o carácter de exercícios completamente distintos, o que foi acentuado pelas respectivas diferenças de temperamento.
Ambos passaram, contudo, pela elaboração de universos imaginários, de referências e experiências incontáveis.
Colecciono largas centenas de desenhos e pinturas, muitos anotados e datados, cuja produção revela horas sem fim de deleites vários e produtiva camaradagem.
Se li alguma coisa? Com que competência bibliográfica e apoio especializado?
Alguma coisa li, e ser casado com uma professora competente e apaixonada (a Vóvó Sãozinha) não deve ser apoio que se esqueça ou não se mencione com o mais significativo relevo.
Mas do que li (vários livros criteriosamente comprados pelas principais livrarias da cidade, era pequenito o pai do Flávio) já não me lembro praticamente nada.
Se é esse o espírito essencial da cultura (uma coisa com que ficamos depois de termos esquecido tudo aquilo que lemos) então sim, possuo certamente algum conhecimento credenciado. Mas nem nomes nem sólidas referências posso chamar agora em meu socorro.
Neste fazer, a matéria prima principal é feita de afecto, de gosto e duma imensa alegria em colocar experiências vividas noutros cenários ao serviço das magníficas causas do futuro.

014 p

Este trabalho não apresenta na realidade uma aparência tão conformada como mostra a fotografia. Não passa de um elemento pintado e recortado previamente, ao longo das diversíssimas elaborações na nossa oficina, sobreposto a um fundo também colorido a vermelho pelo Flávio (por isso vibrante e com algumas résteas de negro). A conjugação de ambos (figura e fundo) beneficia dos vestígios da sua execução, das transparências de cor, a que o relevo de sombra na parte de baixo confere um toque indispensávelmente eficaz que nós, artistas como o Flávio e eu, lançamos magnanimamente aos olhos do mundo, como se fosse nada…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s